O Pós venda é alma do negócio

| |



Vender seu produto as vezes é fácil, difícil é fidalizar o cliente, fazer com que ele sempre compre de você mesmo com o preço do produto/serviço mais elevado.


O significado, conjunto de atividades de marketing realizadas após a venda do produto ou a prestação do serviço e que abrangem pesquisas de satisfação, serviços de manutenção, promoções especiais e outras formas de atendimento, tendo por objetivo a fidelização do cliente.

De empresa a empresa que trabalhei e tenho contato o problema nem sempre está nas vendas, vender é fácil, as vezes a insistência faz com que o cliente compre apenas para parar de ligar, de enviar e-mail. Mas e o pós venda da sua empresa, vai bem?
Investir no atendimento ao cliente é sempre bom, solucionar o problema do cliente antes que a bomba estoure é mais econômico e é sempre a melhor opção.
Desconfie, se o cliente está com algum problema e está muito quieto, desconfie, aí vem bomba.
Tenha em mente que o cliente é algo mais precioso que a empresa pode ter, para tanto analise:

*quando o cliente recebeu o produto, ou quando o serviço foi efetivamente terminado;

*o cliente está de acordo com o que foi entregue;

*o produto está funcionando perfeitamente?



Não espere que o cliente venha até você para informar qualquer eventualidade ocorrida.
O atendimento ao cliente é tudo, no processo de decisão de compra o cliente pode optar por comprar seu produto mesmo sendo mais caro, mas devido ao atendimento, cliente decide em comprar seu produto.

Estudos mostram que 70% da experiência e satisfação do cliente está na forma em que é tratado sem considerar preço e produto.

Para ter o pos venda eficiente:

*O cliente merece o melhor
*Sonda o cliente para ver as necessidades
*Esteja sempre a frente do cliente (antecipe-se)
*Nem sempre o cliente está errado
*Cumpra o que prometeu



Para inspiração, esse case foi retirado do site www.satisfacaodeclientes.com

Unilever: Exemplo de ação de pós-venda
by Tomás Duarte 

A ação de pós-venda da Unilever com a consumidora Mariana Ferreira a impactou de forma positiva.

Segundo a cliente, ela reclamou através de um e-mail para Unilever a respeito de um defeito na válvula de um desodorante deles e prontamente foi atendida, de maneira personalizada.

A Unilever solicitou uma série de informações sobre o produto e o valor que eu havia pago. Pediram alguns dados pessoais e 07 dias depois a empresa para a cliente enviou um cartão de crédito com o valor do desodorante.

Segundo a cliente, os e-mails foram muito atenciosos e respondidos com agilidade. Esta abordagem de atendimento deve servir como exemplo para muitas empresas online ou offline que, após a venda, esquecem dos seus consumidores não oferecendo qualquer serviço de pós-venda.

pós-venda
Cartão de Crédito da Unilever recebido pela cliente
Mariana ficou plenamente satisfeita com o atendimento e a empresa atingiu seu objetivo, fidelizou mais um cliente.

O custo desta iniciativa não foi alto. Segundo Mariana, ela continuará sendo uma cliente fiel. Com isto fica a indagação pela própria cliente: como as empresas não investem no pós-venda?

Realmente a cliente da Unilever tem total razão, as empresas que buscam a satisfação de seus clientes possuem maior lucro a longo prazo. O cultivo de clientes promotores do negócio, ou seja, leais e apaixonados pela marca só trazem benefícios diretos a marca, produto ou serviço. O crescimento é viral.


Beijos e até a próxima!